sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Solidão, Madrugada, Coração.

Ah então eu passei o dia inteiro afim de escrever aqui, e estou escrevendo só na sexta feira
(sexta feira ? o que ?), como pode essa semana ter passado tão rápido e eu nem ter percebido ? Estou começando a ficar triste cada dia que passa, to me sentindo cada dia mais só, não sei essa vida nova, essa galera nova, sei lá se bem que na galera antiga eu também me sentia só, mas tinha alguns motivos que faziam eu nem ligar pra isso, ai aquele mundo que eu sai, odeio aquele mundo, na verdade é o mesmo mundo, só muda a cara de pau das pessoas, aqui é tudo mais liberal, é maior, gosto mais, mas ao mesmo tempo não gosto também, sinto falta de tantas³ coisas que não sei dizer o que são, talvez eu nunca tenha tido as coisas que estou sentindo falta.. vejo que muitas coisas estão erradas, vejo que o mundo de contos de fadas que eu vim pra ver não existe, eu sempre soube que não existia, mas mesmo assim insisti, e vou continuar insistindo,
mas por que né ? Por que somos assim ? Aprendemos com o erro e cometemos o mesmo erro depois. É aquele jogo 'nunca diga nunca' porque vai se fuder, esse mundinho que dá voltas, acaba me irritando. Fui dormir cedo nesta quinta-feira, sei lá que horas, do nada acordei as 4:00 da manha mandei sms no celular pra algumas pessoas, pra me sentir 'menos' carente, pessoas que eu gosto na real eu gosto mesmo, mas estão me deixando meio confuso, por que eu já não sei mais o que pensar, na boa, eu ainda não entendi, que aquele mundo " me da sua mão e segue ao meu lado sempre " não existe, é cada um por si mano, isso me deixa triste sério, (triste ?) falando em tristeza, eu estou com uma dor no peito terrível, não sei o porquê sério, eu tava pensando que se do nada morresse, como seria, dai eu fiquei pensando - mas que segurança eu tenho pra saber que não vou morrer ? -, dai eu pensei "ah mas eu sou jovem" tá e dai ? Esse medo de morrer é meio que superficial porque no fundo eu acho que não irei morrer, até porque todo mundo fala - Para de drama você é novo, cheio de saúde - sei lá tanta coisa louca que eu ando vendo, mas tipo não penso em morrer gosto de viver, acho que se eu morresse teria deixado muita coisa aqui sem terminar, talvez alguém chore mas depois todo mundo esquecerá, é assim porque vi amigos de pessoas que morreram esquecerem, não esqueceram eu sei, mas é aquilo o tempo desloca o sofrimento acalma a tristeza, basta ter outra alegria, e segue a vida eu sei disso, mas vou parar de falar em morte, pois o blog é sobre meus dias e eu estou vivo, e penso em continuar vivo por muito tempo.
Então mudando de assunto.. não sei por qual lado seguir nessa vida, esse lado bonzinho, esta me fudendo, acho que consegui abandonar umas coisas e ainda sigo pensando nelas o dia todo, vai se fuder, quero aprender a viver sozinho isso que me falta, " A solidão ser tratada pelo meu coração como a madrugada. ", ai a madrugada que mesmo sem nada é linda, ah como eu amo a madrugada, mesmo tudo no escuro sem diversão alguma, eu amo a madrugada, me sinto feliz, extremamente feliz, tá nem tanto, não sei, mas eu gosto, sabe estou afim de comer arroz com feijão e tomar um suco da CBS de pêssego, a frase do meu dia hoje foi " Ai que dor no coração ".

Nenhum comentário:

Postar um comentário