domingo, 19 de março de 2017

Eu sempre fujo deles

Lá no passado as músicas eram melhores, então de lá que eu trouxe elas pra cá,
Lá no futuro era tudo tão incerto que acabei por usar do presente pra caminhar,
Ninguém quer mais escutar, tua voz já não faz tanto sentido, hoje em dia para escrever precisa parafrasear alguém, mas eu nunca gostei disso, nunca tive esse interesse,
Faço minhas fotos, minhas escritas, mas as músicas sim, eu gosto de escutar dos outros,
As pessoas gostam de cantar, de dançar, de explodir e ficam vivendo diariamente confinadas,
O mais interessante que todas essas palavras vão para um universo do nada,
Ninguém vai escutar, ninguém vai ler e tudo vai parecer sem sentido,

Vamos lá, acho que rola mais um pouco.