domingo, 15 de maio de 2011

Alucinação

São 4:24 quando começo a pincelar um quadro branco com minhas poucas palavras, situação de preocupação pra mim, está crítico, as pessoas já mudaram, e eu aqui. Não estou com cabeça e nem vontade de escrever sobre alguma coisa ou alguém, quero mesmo é falar, pois essa música está me deixa alucinado, e estas coincidências, me deixam confuso, como sempre. O sono bate na minha cabeça, as palavras fogem de mim, vou atrás de cada letra, subindo uma escada escura cheio de degraus que não existem, ando meio que flutuando sobre um imaginário chão de mármore. Vejo uma árvore cheio de frutas, com laranjas se acabando aos poucos, parece que está chegando a um fim, estou meio sem previsão, estou voltando por um tempo, não sei o que vai acontecer, o amanhã está me complicando, o ontem está me deixando cada dia com mais medo, vou ver meu sonho onde sou quem eu gostaria de ser, alguém que age sem pensar. Parei! Ouvi um grito, um amigo gritou, para um cara chato na tv. Voltei! quero uma coca-cola, vou ter uma pequena conversa até voltar, a música ficará rolando... Mudei de música, voltei para o Brasil. Uma mensagem aqui outra mensagem lá, vai moldando o meu dia-a-dia.. Estou dependente desse vai e vem, essa vida que se repete, pessoas que chegam, pessoas que vão, tem gente que vem só olhar, tem gente da gente, tem gente que são apenas gente. Um oi é um adeus futurístico, ou será um aperto de mão um sinal de confiança, um olhar que hoje não mostra tanta coisa, as pessoas aprenderam a se maquiar, tanta coisa nova, tantas novas receitas de como viver, tantas novas regras, que são as mesmas, a história se repete, e você e eu, cometemos os mesmos erros. Profissionais que se representam através de uma vestimenta diferenciada, dedicados, acabam achando que são melhores, pois falaram pra ele.. Então eles são influenciados e dizem que não, pensamentos próprios se tornam complexos para leitura alheia. Então me da um alô aí! Preciso de você, não sou tão crescido ainda, tá meio difícil, não tanto, mas tá, se torna fácil pra quem acha que conseguiu algo, que na real não conseguiu. Eu tenho que entender que nesse tempo, tudo vai mudar, eu vou tentar voltar e reconquistar, mas vai ser diferente e mais difícil, mas vai rolar se é pra rolar. Penso demais em que não deveria pensar, antes era uma alucinação hoje está criando formas, criando rosto, na real. Acho que perdi o bonde, ta na hora de eu pegar o próximo, mas vou ser o motorista dessa vez, implantei asas, e meu bonde está com todas minhas personalidades, ou eu derrubo com elas dentro e espero pra ver o que restaria ou sigo voando, com esse ringue nas costas. A frase do momento é "10 em 1, 1 em mais de 6 bilhões"

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Tribos

O nome não é relativo ao meu texto que irei escrever, mas até pode ser à algum trecho ou sei lá. Não importa o momento ou o lugar, a oportunidade está te rondando de uma forma que tu não enxergará com os olhos, sentirá no peito, talvez um pedido que tu tenha feito à algum tempo e vai se realizar sem você perceber e por medo deixa de fazer o que deveria ser feito.. Começou com uma grande fila, irritação alheia, irritação minha.. Uma boa ação de um homem me faz olhar diferente pra aquele 'rapaz', eu na hora ironizei, pagando a minha de engraçadinho, mas foi na brincadeira, meu estilo meio assustador, deixou todos inquietos, e o tal rapaz me olhou e fez cara que não gostou, eu entendi a idéia, e brinquei dizendo que se fosse eu fazendo a boa ação, todo mundo riria da minha cara, o rapaz estava bem arrumado transparecendo assim uma imagem mais intelectual do que a minha. Gosto tanto da inteligência alheia e eu acho que o meu objetivo é ser tão grande quanto e muito acima, pois de um jeito diverso, que contorna a realidade, mudar a realidade pra quê? Quem realmente acredita que tudo isso possa ser real, não pensa na vida, pois na lógica o que tu toca é o que é real, mas todo mundo busca o irreal, o maior exemplo é o tal sentimento do amor. Sem explicações, cada um com uma imaginação diferente, cada um toma a vida de um jeito para si, só quero comentar que fiquei feliz com o que aconteceu, esse texto é bem pra mim, acho que só eu conseguirei interpretar, é como guardar no meu pequeno diário o que rolou após um trampo corrido e bem dramático. Frase do momento é "Fico feliz pelos sorrisos que tive coragem de esboçar".

domingo, 1 de maio de 2011

Opa

Talvez eu não tenho o que falar, estou vivendo uns dias bons, dias que estou cada dia mais assustado e nervoso, tem tanta gente nesse planeta, tantas preocupações diferentes, mas o que realmente importa é quando envolve a tua vida, pois o ser humano é egoísta, tão egoísta ao ponto de estar triste e falar para alguém, se essa pessoa responder que está triste também, é instantâneo o sorriso no seu rosto, pois você vai achar alguém que possa te entender, mas pense.. ela está triste, tente ajudá-la não tente ficar feliz pois ela está triste igual a você, isso é ridículo, eu cometo muito dessas, estou tentando mudar, será que alguém pensa tanto em mudar assim como eu? Ai nossa deveria estar em Alegrete, com a mesma vida de merda, lá eu teria um estudo igual a de todos e seria outro retardado, talvez com mais dinheiro no futuro do que hoje. Queria o caralho, acho a porra de uma luz em tudo que está escuro, as vezes eu acho a luz e apago ela pois quero brincar mais um pouco de ficar na escuridão. Duplos sentidos me rondam. Às vezes vou em um lugar e as pessoas tem umas impressões erradas sobre mim, e elas se sentem bem com a impressão que tiveram, o dia que alguém se sentir bem pelo jeito que realmente sou, eu darei a mão para qualquer situação. Seis bilhões de pessoas pra mais no planeta terra, e me sobram dedos, muitos dedos, pra contar quantas pessoas eu realmente gosto. A frase do momento é "Não vou lhe ajudar seu troxa, no teu mundinho tu é o melhor, no meu não é ninguém".