domingo, 30 de janeiro de 2011

Desconfiança

Oi, faz anos que não escrevo aqui. Queria dizer que estou diferente de ontem, por atitudes que tomei ontem, estou diferente de hoje porque escutei coisas que queria escutar, me sinto realizado ao mesmo tempo, extremamente perdido, não tenho medo de dizer, que estou fracassando ao mesmo tempo tentando me recuperar, não tenho vergonha de falar que errei, e não quero ganhar, vencer ou talvez a palavra seja acertar, pra falar para ti que sou bom, quero falar para mim que sou bom, porque eu estou desconfiado, e o primeiro erro é não confiar em si mesmo, eu confio em mim, estou aqui firme e forte, fui baleado, mas estou de pé, tenho tantos dramas pra falar, tantas experiências pra dividir, mas não quero falar, pois já passou, e eu venci, e não foi difícil, pois estou aqui cada vez melhor, estou com saúde, espero estar.. Estou com medo de surpresas, estou me determinando em me afastar e focalizar no que eu realmente desejo, estou demorando para descobrir, cada um tem seu tempo, eu sou tão diferente ao mesmo tempo, igual a todos, fico pensando se alguém no mundo pensa de uma forma parecida com a minha, muitos falam que sim, mas eu sei que não pensam. Eu gosto tanto de entender, de descobrir, não gosto de viver sem ter porquê e isso está claro para todos. Penso muito nesse meu blog, penso em falar uns momentos lindos que eu passo, e uns momentos tristes que também passo, no fim eu não escrevo por falta de tempo e vontade, e se eu estou sem vontade de escrever é porque estou bem, porque aqui é uma tristeza expressada em palavras. Palavras conquistam o mundo, mas o difícil é você falar o que todo mundo quer ouvir, o difícil é você fazer elas entenderem o teu lado da história, o mundo é egoísta, eu sou egoísta, queria chamar você de egoísta mas seria idiota da minha parte... Estou escutando músicas no celular, pois nesse pc de merda não tem placa de som, estou realmente triste com pessoas próximas, e feliz com pessoas distantes, na verdade eu nunca consigo manter a felicidade, acredito que ninguém consiga. Hoje eu vi um filme, Marley e eu, e minha vontade de ter um cachorro cresceu, quero ter meu cachorro, quero um amigo, quero o meu Bob comigo. E essa vontade me fez pensar em o que estou fazendo para ter um cachorro, estou pecando, estou errando, devo melhorar, devo me distanciar, devo saber diferenciar, estou desconfiado do futuro, estou desconfiado do passado, talvez meu nome nem seja joão, sabe, cansei de aceitar, quero me sacrificar pelo futuro, pois hoje, graças a um velho falecido, que trabalho toda vida dele, estou comendo diariamente. Daqui 100 anos espero que tudo que eu deixe aqui, tenha valor para quem estiver usando, quero deixar de ser egoísta quero mudar meu ponto de vista, quero parar de encher o saco de pessoas que não merecem, quero deixar de buscar o melhor de todo mundo, pois isso, só me comprova que pessoas são retardadas, está na hora de eu viver por mim, cansei de andar ao lado de pessoas que não mereçam, a partir de hoje vou mudar. A frase do momento é "que falta me faz tudo que quero achar".

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Momentos

Com meus olhos fechados, mal enxergo a dor que estou por sentir, já não quero mais nada, quero jogar tudo pro alto, quero gritar, fugir, e abraçar o nada, por ele não há de me trair, pois eu não aguento ter que engolir o que eu não quero, já não quero mais ver isso, isso é demais pra mim, eu não quero me matar pra viver, eu apenas quero viver, eu não quero ter esse sacrifício besta, eu quero criar pra poder renovar.
Momento de dor de raiva, de altos e baixos, de nojo, de ódio, de tristeza, de rancor, de despreso, de indignação, não aguento mais isso, eu sou diferente de mim mesmo, eu não sei o que fazer estou perdido no tempo no espaço, não quero ter que ver os mesmo rostos outra vez, mas não quero ter que conquistar quem não merece ser conquistado, estou desacreditado, que alguém possa ser legal, estou realmente querendo me isolar, e confiar apenas em mim, porque dos outros não dá pra se esperar nada, existe conflitos, existe competição, ninguém se ama, sem ter um atributo em troca, a sua inteligencia natural, hoje não vale nada, hoje o que vale é o dinheiro, eu não quero esse mundo pra mim, eu já não aguento viver aqui. Tentei postar esse post e não rolou, nem o meu blog esta me ajudando, porque todo mundo não morre? por que eu tenho que enfrentar isso? Altos e baixos total no meu dia, isso me destruiu, acabou comigo, eu já não espero mais a felicidade no meio de tanta merda, há de existir uma luz, mas eu estou aprendendo a viver no escuro, e luz um dia pra mim vai se tornar algo dispensável, eu mudo constantemente mas esse é o meu momento é esse meu jeito de ver o dia de hoje. Amanhã eu acordo verei tudo de outra forma, cérebro de merda, que não mantem uma estabilidade, que mundo fictício de merda, mundo falso, cheio de mentiras, verdades são apenas mentiras rotuladas, mundo de interesses, de desilusão, mundo de otários, mundo do joão. A frase do momento é "Por que meu peixe não morreu ainda? Ele ta sofrendo, eu vejo isso. Quero abraçar ele e não posso, o que eu faço?".

sábado, 8 de janeiro de 2011

Reviver

É aqueles pensamentos que vou formulando, a cada trecho do meu dia, e vou pensando em escrever aqui, aquelas palavras que na hora são tão mágicas e depois perdem tanto o seu valor, aquele sorriso que foi tão sincero no momento, e agora passou, e já não é mais, são lembranças, boas e ruins, mas eu acabo tornando elas no meu momento mais sincero, como apenas uma experiência. Já me sinto mais frio, me sinto diferente, a cada dia que passa, isso me deixa instável, e me preucupa. Acabei de twittar, "vou esquecer essa felicidade", eu estou atrás disso sempre, sempre, e está me maguando. Sou uma pessoa de sentimentos fortes, uma pessoa que vai atrás do que quer, e mesmo estando sempre com um pé atrás, acabo comentendo erros graves, que podem estragar a minha vida, as vezes falo demais, as vezes não olho as consequências, preciso parar de tentar ser um bom garoto, e ser, não quero tentar mudar, eu vou mudar. Hoje eu estava na rua, olhando as pessoas ao meu redor, eu sempre estou olhando as pessoas, eu vejo uma exatamente igual a outra, queria tanto conhecer pessoas  e entender o que elas pensam, mas quando eu tento entender, eu acabo me decepcionando, vejo casais felizes, que não conversam, casais que estão por status, eu gosto de conhecer, de entender, de crescer com a pessoa, sou chato, não consigo ser igual a todo mundo, eu me sinto único e isso me isola da chamada 'sociedade', mas eu cansei de ser diferente, mas eu não consigo ser igual. Mas sabe, eu cansei de procurar, eu vou só viver, e vou parar de criticar tanto, de tentar entender tanto, isso me faz pensar muito, isso me faz sofrer muito, nunca esta bom pra mim, eu sempre consigo por um defeito, as vezes insignificante, mas é o que mais importa. Eu sou complicado, eu tento me entender todos os dias, tento me decifrar, mudo de opinião fácilmente, e gosto disso, aprendi a mudar, a compreender, mas isso não significa que não tenho opinião própria, significa que não nasci sabendo, e que estou apenas descobrindo coisas novas, e espero que nenhum mal chegue perto de mim, e se chegar quero enfretar e quero vencer, não acredito que as pessoas são ruins, acredito que apenas não são conscientes. Gostava daquele momento, em que eu me levantava, e ia pro colégio escutando música, eu tinha 15 minutos, e pensava tanto tanto, e desde aquele tempo tudo mudou, é incrível, não acredito que pensava de um jeito, e agora de outro, e vou mudando sempre. Eu sou um cara que pra ficar triste não é difícil, e pra ficar alegre também não, mas quando é pra ser complicado, tudo da errado, e me fode. Eu tento aguentar, as vezes quero fugir, as vezes quero desistir, eu já nem sei o que vai acontecer daqui 15 dias, minha vida pode mudar muito, isso pode ser bom ou ruim, eu não sei. Quero falar um pouco sobre amor, sabe aquele sentimento, que ronda as 24hrs do nosso dia? Aquele que você não para de pensar, sem ver, apenas sentindo você sofre mais do que tudo, e as vezes, da sorte, mas incrível é a facilidade que ele pode acabar, e te fazer tentar esquecer de tudo que é jeito. Sair fazer coisas, pegar outras pessoas, conhecer novas pessoas, isso de nada adianta, por que as pessoas apelam pra isso? Me explique. Eu não entendo, eu não consigo ser assim, eu não consigo falar de amor, eu não consigo parar de amar nunca, mesmo não amando, eu amo. E acredito, e confio que tudo pode dar certo. Mas um tópico que eu estou muito afim de falar, é sobre o amor forçado, aquele que tu fala que ama, e na verdade nem ama mais, apenas aprendeu a conviver, e não larga por medo de não achar ninguém parecido, uma pessoa que é apenas legal, não é o que você procura, tenha auto-estima, você vai encontrar quem você procura, é só não ter pressa, não adianta forçar se não flui, e não adianta largar tudo, pra amar, sendo que esse amor, pode acabar, a instabilidade no amor assusta, mas a certeza do amor assusta mais, porque torná-se uma obrigação e não uma 'curtição', a curtição não pode morrer, se não, não é amor, o legal é tu descobrir coisas juntos, e não apenas conviver, por conviver, não é legal ensinar sem aprender, tem pessoas que não confiam na vida, que vivem com medo de lutar, e tem medo de errar, eu odeio pessoas que tem medo de errar, eu odeio pessoas que tentam agradar, eu gosto de pessoas que são como são, e enfrentam as dificuldades, por gostar de enfrentá-las, não tem coisa que me decepciona mais, que a fraqueza das pessoas, pessoas que não confiam em si mesmo, me deixam triste, mas eu cheguei ao um ponto, que não quero mais dar bola, não quero mais gostar das pessoas e tentar fazer elas serem fodas, quero apenas encontrar as pessoas fodas por aí, nesse mundo louco, que da tantas voltas, que chega a assustar, esse mundo louco que tem tantas coincidências, que assustam, mas o final é tão legal, até porque o final não existe, é tudo um processo de evolução, isso existe o dia todo, a cada segundo, a cada instante. Eu acredito que o futuro bom, vai chegar, pra quem souber entender, eu acho que o viver, como deve-se viver foge da realidade da felicidade, eu acho que viver é aprender e ser feliz, e não só aprender, pra ter um futuro bom, porque o futuro vem com tuas batalhas, e tuas experiências, o futuro vem após o teu erro, porque depois do erro vem o acerto, não gosto de pessoas que planejam tudo, porque fica tudo tão claro, não tem surpresas, a surpresa é o merengue do bolo e é o que realmente vai te fazer evoluir. Amanhã, é um dia meio decisivo nessa minha idade, to com 18 anos, amanhã vou fazer meu primeiro vestibular, vou tentar o curso de Direito, estudei pouco, pouquíssimo, mas eu confio, se não der agora, um dia vai dar, basta eu ter força de vontade, eu quero mostrar pra mim, e pra quem eu realmente GOSTO, que o mundo não é apenas a certeza, o mundo é aquela foto de duas estradas uma pra lá e outra pra cá, e tua escollha deve ser a terceira estrada, que ninguém vê, até mesmo você não vê, e é por ela que você deve ir, pois você constrói tudo, você tem capacidade, olha na sua volta, tantas coisas, que hoje a gente não da valor, uma geladeira, uma pia, um cano, é tudo tão simples, mas é tudo construido pelo homem, você pode construir, tem muitas coisas pra ser descobertas, e por que você não pode ser uma das pessoas que vai descobrir? Eu acredito, que todo mundo tem potêncial, apenas não confiam em si mesmo, e tem preguiça de pensar. A frase do momento é "Aprender com o hoje, e melhorar amanhã".