quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Voltou ou é a primeira vez?

As palavras me fugiram, os olhos se fecharam, o coração apertou, o ar faltou... A dor aumentou, o desespero surgiu, a felicidade é esquisita, as lembranças não me abraçarão. A aparência contou, o certo é errado, a curiosidade foi morta, a saudade está esgotada... Os três pontos cresceram, se tornaram tantos, o vento me faltou, o choro se empenhou. É como se estivesse faltando, porque contigo ficou tudo que eu já pensei em falar.. As ideias sumiram, a vontade sumiu, eu sumi. Nada vai ser igual, nada vai se comparar, eu não falo de boca pra fora, porque foi o que senti de mais forte, foi como eu soubesse o início e o fim, foi como se eu estivesse controlando, e aumentando o máximo que pudesse o tempo, para poder te ver sorrir. Desapareci, cresci, ou diminui.. Eu pedi isso naquele dia, naquela quadra, do lado daquela árvore, eu tive a resposta em uma semana.. Desde então eu estava a par de tudo, porque eu sabia que era uma chance de me provar que existe, pois, eu sei que queria sentir, pois, eu sei que queria dormir, pois, eu sei que não queria sair. Meus erros se tornaram minha personalidade, minha personalidade não conseguiu vencer, mas estou aqui, com a cabeça baixa, tentando levantar e fugir do real pra entender o que sinto , eu te agradeço, eu reconheço a tua força, eu acredito em ti, eu quero te ver bem, mesmo não querendo te ver ao lado de outro alguém, eu estou apavorado, entusiasmado porque conheci o que queria, porque senti o que tanto sonhei, pois todos os textos antes de você, eram pra você. Quero encerrar, mas sei que agora as palavras voltarão a surgir, e a dor infantil, continuará a existir. Perdoe-me, se não consegui mostrar o que sonhei, eu estou insatisfeito, mas estou  aceitando como todo mundo deve aceitar, é tão ruim, eu sei, hoje, eu sei. Não encherei o saco de ninguém, apenas conversarei novamente com meus quadros brancos. A frase do meu momento é "O início foi cedo demais, mas o meu sorriso sincero contigo, me fará acreditar na vida." Estará comigo, marcada em minha alma, no meu destino, no meu caminho, talvez foi, ou talvez não, não sei, daria muita coisa pra que não fosse embora, mas como sempre te disse, o natureza não se pode modificar. http://www.flickr.com/photos/am_joao/6014549663/in/photostream