Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Vida de adulto.

Lá vou eu outra vez,
Tentando ter um pouco de lucidez,
Acabei por mudar tudo,
Poucos significados,
Mas muito complicado de se entender,
Não consigo ser diferente,
Desafio-me sempre que posso,
Às vezes nem estou pronto para encarar,
Mas eu sigo muito o coração,
Nunca vou parar de sonhar,
Tem gente que não me entende,
Outras me entendem até demais,
Muitos me ajudaram,
Muitos me deixaram pra trás,
Assim eu sigo,
Outro ano encarando,
Outra vida se encaminhando,
Outro sentimento se aflorando,
Angústia, medo e receio,
Cada vez mais velho,
Saudades de bobear no recreio,
Lembro do sol,
Talvez no frio,
Tinha muito mais importância,
Esquentava o meu corpo,
Mas não ficava nem perto,
Aliás, sempre que pode manteve distância,
Cai fora ignorância,
De achar que está tudo resolvido,
Acabou de começar,
Mais um dia buscando apenas um abrigo.

Últimas postagens

Eu sempre fujo deles

Lembra da dor?

Os figurões

Na corrida da vida.

Amigos.

Águas de agosto.

Veja bem.

Hoje é um dia.

Sobre o meu pensamento.

Hoje, Janeiro de 2014