quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O começo

Esta aí, meu primeiro post, é como perder a virgindade, talvez algo tão inusitado como seu primeiro vídeo-game, a diferença é, que o vídeo-game você tinha pra jogar com a galera, tentar provar que era o melhor, o blog é pra ti escrever pra desabafar, talvez contar sobre tua vida, sem esperança de retornos, de elogios, mas algo legal, estou cansado de não escrever, quero viver um mundo mais cheio de letras e frases bonitas, criatividade pra mim não é uma coisa que me falta, talvez sinta falta de alguma coisa nos meus viver, talvez isso leitura, escrever, acho tão bom tão melhor que tomar um trago ai e não lembrar nada, falar em não lembrar nada, quando eu escrevo e tenho o que falar é quando estou com sono, normalmente me flui tão mais fácil as ideias, não sei o porquê disso, ai esse medo de errar palavras e depois as pessoas me chamarem de analfabeto, foda-se eu nem vou mostrar pra ninguém esse blog, talvez um dia eu mande pra alguma pessoa e fale, olha o meu desabafo diário, diário ? quem disse que vou entrar outra vez aqui, talvez não lembre nem a senha ou o email, mas sei lá gosto da idéia de eu poder falar o que estou sentindo, gosto da idéia de ter alguém pra me ouvir, ou ler o que estou falando, não falo algo que prende alguém em minhas palavras, isso que sinto falta, as vezes me sinto sem graça, mentira, ou não, confuso não ? poisé isso é o que mais penso o dia todo, ai meu pai do céu como sou confuso, por que ? as vezes acho legal, uma pessoa que é confusa não é critica consigo mesmo, eu sou critico me abalo facilmente, quero mudar todos os dias, quero ser o melhor sempre, talvez seja um erro meu, talvez não, hoje estou aqui as 3:22 da manha sem saber o que falar e escrevendo o que estou pensando, eu não sei o que vou fazer amanhã não esta nada planejado, e sempre quando não tem nada planejado ou se torna uma bosta ou fica legal do nada, é interessante o que eu entendo por legal, e o que os outros entendem por 'legal', a diferença é tão linda, ao mesmo tempo tão feia, pois a gente passa a vida inteira procurando por alguém igual a você, e quando acha nunca da certo por quê ? vida injusta não acha ? eu acho até o momento que acontece alguma coisa muito legal pra mim, eu mudo de opinião muito rápido, troco de assunto a cada minuto, isso é tão confuso pra mim, talvez pra todos que me rodeiam, sinto que ninguém me entende, sinto que eu não me entendo, sinto que ando meio sequelado, a ver navios, como falam os antigos, por um lado estou feliz por outro triste, o dia a dia do joão machado não é fácil, cada dia uma pessoa ta diferente, isso me destrói, mas por que ? se eu estou diferente também, as pessoas mudam isso é legal, vou parar por aqui, logo escrevo algo mais com nexo, isso é o começo de uma história, ou o fim do começo de uma, ai só esperar pra ver, esperar é o que mais faço, espero o meu amanhã o dia inteiro, sem saber o que irá acontecer, isso é divertido, excitante, foda pra caralho, hoje a palavra do meu dia foi, " o amanhã "

Nenhum comentário:

Postar um comentário