sexta-feira, 8 de outubro de 2010

O bônus

Aquele grande medo de sair de tudo e largar o que esta perfeito pra um mundo desconhecido que muitos dizem,
"lá esta o futuro". Isso me lembra muito aquelas histórias que eu escutava no tempo de colégio, onde os nordestinos saiam de suas casas e iam pra São Paulo atrás de futuro, chegavam lá e trabalhavam para os outros, então esse é um medo que eu tenho, de não conseguir evoluir. Mas enfim larguei, tinha cansado daquele mundinho chato, eu acabava sendo falso comigo mesmo. Quando troquei de residência lá onde eu morava, vi que ali não era mais meu lugar, aquela casa até que é legal, até meio que sem comparação, com onde estou, mas essa diversão de ir pra um lugar e fazer sua vida é o que eu mais procuro, agora estou no momento mais frágil, aquele momento que passo os dias inteiros pensando e não chego a nenhuma conclusão, me sentindo um grande inútil. Sabe aquela fama que eu penso que eu possuo, de nada me adianta, a fama que eu digo, é minha auto estima, que eu pensava que tinha e estava lá em cima, (em cima ? o que ?), se com uma critica já vou ao inferno, e fico de cara, e fico todo deprimido, coisa besta, mas eu sou assim, as coisas bestas que me machucam, sempre fui, quero mudar. Acabei de achar uma frase interessante, "O primeiro passo eu dei que é o mais fácil, larguei tudo e fuji, agora eu quero ver eu reconstruir tudo de novo", é isso que eu procuro, reconstruir, mudar tudo, fazer tudo diferente, ai como eu quero isso e vou conseguir. Estou fazendo pausas, pra ir responder pessoas ali no msn, acabo me desconcentrando, agora meu pensamento se perdeu e mudou e estou pensando em tomar um leite com nescau, faz muito tempo que eu não tomo, cara eu preciso de tantas coisas, eu vi esse cara do interior do Rio Grande do Sul que ganhou 119 milhões, ai como eu queria que tivesse sido minha mãe, ela estaria tão feliz agora, eu nem saberia que era rico, talvez não saberia o que fazer, se eu fosse rico, essa solidão minha se tornaria maior, porque teria tanta³ gente na minha volta que iria me irritar, e me sentiria mais sozinho, mas né se precisar eu aguento, ah tri. Gírias ai essas gírias adolescentes, eu odeio isso por que eu falo ? queria falar mais formal, mentira não queria, mas eu acho interessante uma pessoa falar bonito, eu acho bonito na verdade, eu estou em uma comunidade de orkut, que fala "pessoas inteligentes me atraem", é me atraem mesmo, pena que eu não atraio elas.. estou pensando uma palavra random, pra eu comentar pra terminar de escrever isso, que tal.. "lava-louças" é isso eu li no meu detergente agora, porra meu detergente não é meu porque na verdade não fui eu que comprei, mas é só eu que lavo as louças aqui, também sou eu que sujo, mas louças ? na verdade são plásticos, pois vivo só de microondas, sim é foda. Assim estou, sai de um sítio tão moderno pra uma metrópole tão precária, por isso que eu digo o difícil e o fácil sempre junto, os opostos não são tão opostos como aparentam ser, a frase do meu pensamento no momento é " por que estou aqui escrevendo isso ? "

Nenhum comentário:

Postar um comentário